Após ordem de despejo, famílias ocupam área no Taquari em Palmas

19 de abril de 2014

Há um ano, eles estavam alojados no setor União Sul. Nova área escolhida não tem infraestrutura, água ou energia.

Cerca de 300 famílias que ocupavam uma área no setor União Sul, em Palmas, há um ano, se deslocaram para um terreno no Jardim Taquari por causa de uma ordem de despejo, nesta sexta-feira (18). A nova área escolhida por eles tem 16 quadras, cada uma com cerca de 20 lotes. O local ocupado não tem infraestrutura, água ou energia.

As famílias se dividiram em dois terrenos, a maior parte ficou em lotes particulares, outra parte, cerca de 40 famílias, ocuparam uma área pública, pertencente ao governo. Elas explicaram que foram contempladas com casas de programas habitacionais, mas ainda não receberam a moradia e por isso devem ficar no terreno do Estado até que a residência seja entregue.

O líder do movimento Wilson Gomes argumentou que estava tentando um acordo com o governo para conseguir um terreno emprestado para alojar as famílias até que todos recebecessem lotes regularizados. Como o acordo não aconteceu, eles precisaram mudar para outra invação. “A gente sabe que a ocupação aqui é provisória até a gente tentar com o governo uma solução”.

Apesar da falta de infraestrutura, as famílias não pensam em deixar o local. O pedreiro Divino Araújo está deixando o aluguel para morar no barraco que está começando a erguer. “Não aguento mais pagar aluguel, está caro de mais”.

O governo do estado não se manifestou sobre o assunto.

 

Fonte: G1

Deixe uma resposta

*