Ocupação reúne 1,5 mil famílias e pede desapropriação de área em Osasco

09 de setembro de 2013

A “Ocupação Esperança”, perto da rodovia Anhanguera, conta com cerca de 1500 famílias que reivindicam a desapropriação de um terreno, pela Prefeitura de Osasco (SP), para a construção de moradias populares. Do dia 24 de agosto, quando forma erguidos os primeiros barracos, a área perdeu a cara de fazenda e se transformou em um pequeno bairro. A Justiça marcou uma audiência para discutir o caso no dia 18 de setembro e negou a reintegração de posse imediata pedida pelo proprietário do terreno.

Produzi o vídeo abaixo, sobre a ocupação, para este blog. Não é a primeira, nem será a última ocupação na região metropolitana de São Paulo. Mas esta, além de misturar elementos rurais e urbanos, cresceu muito rápido. E apesar dos alardeados programas de moradia de diferentes esferas de governo.

A capital cresce. Mas não para todos e todas.

 

Fonte: Blog do Leonardo Sakamoto

Deixe uma resposta

*